Domingo, 13 de Dezembro de 2009

VÊ!!!

Olha dentro dos meus olhos,

vê quanto amor

chamando por ti.


marquesarede às 04:10
| comentar | ver comentários (2)

QUERER-TE

Querer-te!...

É uma fogueira em chama,

que no meu peito crepita,

e minh'alma inflama.


marquesarede às 04:02
| comentar

DESVANECER

Desvaneço-me...

Agarro a nuvem

que passa,

no amor em

expansão

na mortalha

da esperança.


marquesarede às 03:58
| comentar

ANCIEDADES

 

"quanto mais te conheço, mais necessito de ti, e continuo a conceber a paisagem onde te coloco"

 

O mar, é a figura oblíqua do teu corpo,

e a serra clama pela tua existência . . .

despertam pálbebras abrindo-se,

e o luar corta as manchas das nuvens.

 

Anciando pelo vibrar da tua voz;

que a cercará de ternura e de amor . . .

a tranqualidade paira sobre a margem,

onde se estende o teu vulto desejado.

 

E nesta anciedade maravilhosa,

suponho-te sobre ela . . .

vivo em ti, caminhando a teu lado.


marquesarede às 03:51
| comentar

AMOR TOTAL

 

Meu corpo vibra quando nele imprimes desejo !

Minha boca arde quando nela colocas amor !

Tuas mãos são longos suspiros

que inspiram os ais do meu peito,

e eu afago teus cabelos, tua face, bebo teu desejo.

Mas fujo ao prazer incontido em meus sentidos.

Ah ! como amando nosso todo é tão puro !

Irreal nossa ideia, em nossas mentes,

em nossas vontades, em nada !

Somos apenas carne que dá tudo o que tem,

bom  ou mau.

Amor ! tudo o que tu tens e eu tenho para dar !

loucuras, desejos, prazeres, oh ! amante

de mim mesmo ! oh vida !

E tu amor dá-me tudo o que eu sentir para te dar !

Deixa-me morder com o prazer com que beijas !

Deixa-me com a mesma doçura de um lazer !

Amar-te, beijar-te e dizer o quanto meus

braços te desejam !

Deixa-me ser eu, deixa-me ser teu.


marquesarede às 03:47
| comentar

ESPERANÇAS...

 

Emergido do submundo esquecido

como se dum sonho acordasse,

eis-me extasiado na ternura da paixão,

entricheirada fertilmente em teu coração.

 

E aqui estou minha amada, para um amor

prolongado, um amor sem nevoeiros,

recomposto e com alegria, ancioso por

teus lábios e nos teus beijos continuar

a cicatrizar queimaduras, esvair pesadelos.

 

Emergido da vida penosa, da dor experimentada,

da ausência do teu amor, dos teus olhos

brilhantes, dos teus lábios tão quentes,

do teu corpo saboroso e alegre

e que revivo pela dor calada.

 

Quero gritar-te o quanto te adoro, neste

momento de exaltação, espasmaticamente apaixonado.

No amor dos teus olhos, no amor dos teus lábios,

no teu amor incondicional, arrebatado,

no meu amplo amor.


marquesarede às 03:44
| comentar

É COMO SE FOSSE

 

Só as tuas mãos trazem os frutos.

Sá elas despem a mágoa

destes olhos, choupos meus,

carregados de sombra e rasos d'água.

 

Só elas são

estrelas penduradas nos meus dedos.

-Oh!  mãos da minha alma,

flores abertas aos meus segredos!

 

Respiras... E Fica a vida suspensa.

É como se um rio cantasse:

Em redor é tudo teu;

Mas quando cessa o teu canto

o silêncio é todo meu.

 

 


marquesarede às 03:33
| comentar

JURAMENTO

 

Não deixarei de te amar

minha vida,

mesmo sabendo

que RENEGAS O AMOR.

 

Tu representas tudo para mim

esperança, afecto, calor, anciedade,

paixão, amor.

Sinto-me morrer na dor do NÃO,

do NÃO poder,

do NÃO entregar,

do NÃO te ter.

 

Sinto a tua falta,

nas longas horas do dia, em que não estás.

Ter-te à sucapa, ouvir-te à distância,

amar-te em silêncio.

Intensamente te amo, neste amor

que me consome, neste amor  surdo,

sofrendo a dor rasgada desse amor indiferente.

Sim minha vida !

 

NÃO DEIXAREI DE TE AMAR.


marquesarede às 02:23
| comentar

JUNTOS

 

Docemente

hei-de agarrar a tua mão,

e juntos

seremos os donos das serras.

 

Levaremos o Outono

ás folhas que tombam na Primavera.

 

Seremos em cada pôr do sol

uma dádiva de amor

uma carícia à morte.

 

Juntos

enfrentaremos o tempo.

 

PROMETO


marquesarede às 02:18
| comentar

TOTALMENTE

 

Amo-te tanto meu amor . . .não cante

o humano coração com mais verdade . . .

Amo-te como amigo e como amante,

numa sempre diversa realidade.

 

Amo-te a fim, de um calmo amor prestante,

e te amo além, presente na saudade.

Amo-te, enfim, com grande liberdade,

dentro da eternidade e a cada instante.

 

Amo-te como um bicho, simplesmente,

de um amor sem mistério e sem virtude

com um desejo maciço e permanente.

 

E de te amar assim, muito e amiúde,

é que um dia em teu corpo, de repente

hei-de morrer de amar mais do que pude.

 

2009 


marquesarede às 02:15
| comentar

SONHOS

 

Vagueava na corrente da vida e tu surgiste,

num louco amor que despertou meu corpo,

a pouco e pouco, rapidamente me envolví,

e juntos iniciamos a subida ao sabôr da sorte.

 

Seguimos no leito da incerteza,

e no meu corpo, a tua vida mágica

deu à minha alma a palavra necessária,

uma nova esperança de amor,

e no meu sangue julgo sentir

que irei finalmente ser feliz..

 

Os dias passam, ternamente a teu lado,

e te integraste em mim como uma nova luz,

a tormenta foi chegando, o amor foi feito,

e eis que acordo num pesadelo terrível,

e vejo teu vulto amado

fugindo, quero agarrar-te mas não posso.

 

MORRÍ.


marquesarede às 02:03
| comentar

O SONHO

 

Esperando-te,vou desejando o nosso futuro,

o sonho fecunda,o namôro secreto,

fugazes encontros no deslumbramento

do teu corpo provocantemente desejado.

Apressadamente vagueias ondulante,

entre pessoas e imaginária existência,

e eu, espero-te nesta boca de cativo,

desejando-te nestes absurdos dias.

Transportas contigo a volúpia esmagadora,

que delapida meu desejo selvagem,

e desabrocha esta esperança

que te entrego no relevo da minha sede de ti.

Transformada no meu simbolo de existência,

vivo nesta esperança ardente,

esqueçendo a lembrança da ausência

na vivência amargurada da espera.

 

SARA


marquesarede às 01:56
| comentar

ESPERANÇA

Sobre a cama agora vazia acaricio-te a forma,

desenhando o teu corpo ausente,

no contorno da doçura em tua pele.

E o meu corpo afunda-se no teu.

Enibriados, seremos um só ser,

existiremos envolvidos, sem receios,

no silêncio absoluto dos esquecidos,

olhando-nos de pálpebras cerradas.

E neste sonho de seres minha,

correm aceleradamente os dias,

e quando  o dia se faz noite,

espero-te sentado na cama.

 

Sara

 

 

"este sonho a que me agarro afincadamente, empresta-me o vigôr da esperança".


marquesarede às 01:52
| comentar

AFECTOS

Loucamente envoltos em prazeres infindos,

rasgamos as ciladas da paixão ardente,

platónicamente entorpecidos

vertiginosamente enlouquecidos

no prazer de seres fêmea.


marquesarede às 01:43
| comentar

PRESENÇA AUSENTE

Ancorado na beleza do teu ser,

quisera eu sobreviver aos vestígios

das imagens que o presente não apaga,

esqueçer a amargura da tua presença ausente.

De te ter, tão perto...e tão longe!!!

 

 


marquesarede às 01:34
| comentar

ERA

 

Teu nome é um sonho do futuro,

é um murmurio eterno em meus ouvidos.

è o sol de uma harpa que me embala a vida

é um sorriso d'alma entre gemidos!

 

 

Teu nome é um eco de soluços,entre meus prantos;

é tudo que eu amo, que eu resumo;

Dores...prazeres...venturas...

amor...

encantos.

 

 

Escrevi-o na areia molhada

na praia de Q, onde bate o mar.

Das estrelas, faço letras, soletro-o,

por noites belas ao mórbido luar!...

 

Dio como ti amo!!!!

 

 

2009


marquesarede às 01:15
| comentar | ver comentários (1)
Domingo, 11 de Maio de 2008

JE ME SOUVIEN

 

Teus cheiros intensos revivem inesperadamente

noites inebriantes do teu corpo desfrutado,

rodopiantes imagens relembram

amargamente

a longitude de teu corpo desnudado.

 


marquesarede às 18:23
| comentar
Domingo, 27 de Abril de 2008

CORRENTES

Sem grilhões,

sem arranhões,

sem encontrões,

 


marquesarede às 15:34
| comentar

ORNAMENTAIS

Nas sinuosas curvas tuas

enterro o desejo carnal e 

aconchego os teus gemidos

no desatino da nossa paixão.


marquesarede às 01:57
| comentar
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

RETALHOS


marquesarede às 23:20
| comentar

CÔRES...VIVAS

 

 

 

 

 

Julian Knight


marquesarede às 23:17
| comentar
Domingo, 13 de Abril de 2008

GESTOS

As flores que juncam o lamento

desabam na intemporal vontade

que me rasga por dentro

da efémera razão da esperança.

 


marquesarede às 11:33
| comentar
Terça-feira, 25 de Março de 2008

RAIVOSAMENTE

Raivas contidas

amores desbravados...

Pedaços de vida

d'almas amarfanhadas...

Nada de ti ficou

na vida que agora desanda...

Esbulhos da intolerância

em furiosas tempestades...

Reflexos mesquinhos

resquícios insipientes

e eis que chega a termo!

 

A.Arêde

 


marquesarede às 23:11
| comentar | ver comentários (3)

OFUSCANTE

Quero morder teus labios

louca perdição da minha existência...

Quero invadir tua essência

arrebatar-me na profundeza do teu ser...

Desejar-te perdidamente

nesta ausência de não te ter...

Dissolver-te na ansiedade do meu corpo

desperto na quimera do sonho!

 

 A.Arêde


marquesarede às 22:51
| comentar

DIFERENTES

De Tudo, Ficaram Três Coisas:


A certeza de que estamos sempre começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar...


PORTANTO DEVEMOS

fazer da interrupção um caminho novo...
Da queda um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura... um encontro"


(Fernando Pessoa)


marquesarede às 22:39
| comentar

PRIMAVERA

A dor não me pertence.


Vive fora de mim, na natureza,
livre como a electricidade.

Carrega os céus de sombra,

entra nas plantas,

desfaz as flores...

Corre nas veias do ar,

atrai nos abismos,

curva os pinheiros...


E em certos momentos de penumbra

iguala-me à paisagem,

surge nos meus olhos

presa a um pássaro a morrer

no céu indiferente.


Mas não choro. Não vale a pena!
A dor não é humana.




José Gomes Ferreira


marquesarede às 22:33
| comentar

FALTAM PALAVRAS

Horas profundas, lentas e caladas,
Feitas de beijos sensuais e ardentes,
De noites de volúpia, noites quentes
Onde há risos de virgens desmaiadas ...
Ouço as olaias rindo desgrenhadas...
Tombam astros em fogo, astros dementes.
E do luar os beijos languescentes
São pedaços de prata pelas estradas ...
Os meus lábios são brancos como lagos...
Os meus braços são leves como afagos,
Vestiu-os o luar de sedas puras ...
Sou chama e neve branca e misteriosa...
E sou, talvez, na noite voluptuosa,
Ó meu Poeta, o beijo que procuras !

Florbela Espanca

marquesarede às 22:25
| comentar
Sábado, 15 de Março de 2008

BARRAMENTO

 

 

 © Natasha Barabasha in Photo.net


marquesarede às 14:12
| comentar
Domingo, 2 de Março de 2008

SOFT

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luis Vaz de Camões


marquesarede às 14:14
| comentar

AMARRAÇÕES

VORACIDADE

Nos teus olhos verdes e intensos
cintilam minha súbita inquietude
o encanto que eles me encantam
no teu sorriso de fascínio e ardor.

E a tua volúpia indefinida fere
o desejo que assoma meu corpo.

Na oculta ânsia em querer-te e
da distância em ter-te.

Encontros que vão à quimera
de contatos e castos atos.

E na minha cobiça tu a seguir
comigo na madrugada frouxa
de tensos devaneios.
(Sonhos em exaustão).

Eu no ímpeto de desnudar-te para
cobri-la com meu vasto desejo.

Bené Chaves


marquesarede às 13:50
| comentar
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
 
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.RECENTES

. VÊ!!!

. QUERER-TE

. DESVANECER

. ANCIEDADES

. AMOR TOTAL

. ESPERANÇAS...

. É COMO SE FOSSE

. JURAMENTO

. JUNTOS

. TOTALMENTE

.RECENTES

. VÊ!!!

. QUERER-TE

. DESVANECER

. ANCIEDADES

. AMOR TOTAL

. ESPERANÇAS...

. É COMO SE FOSSE

. JURAMENTO

. JUNTOS

. TOTALMENTE

online

.EU



My blog is worth $2,258.16.
How much is your blog worth?

PT Bloggers a directoria de blogs Portugueses