Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

QUERER-TE

Querer-te!...

Querer-te foi ambição de momento,

desde o primeiro instante em que te vi

e logo começou o sofrimento

e nem sei explicar o que senti.

 

Querer-te!...

É uma fogueira em chama,

que no meu peito crepita,

e minh'alma inflama;

é uma paixão latente,

é na garganta um nó,

que pode estar comigo muita gente,

mas não te vendo a ti sinto-me só.

 

Querer-te!...

Não é nem será nunca, um egoísmo,

o que julgo é ter direito a uma ventura

e por ele desço ao mais profundo abismo.

Não é o grito d'uma fantasia,

nem quimeras simples do adormecer,

é o espelho mágico da monotonia,

em que vivo agora e me faz morrer.

 

1965

 


marquesarede às 22:13
| comentar
 

.RECENTES

. VÊ!!!

. QUERER-TE

. DESVANECER

. ANCIEDADES

. AMOR TOTAL

. ESPERANÇAS...

. É COMO SE FOSSE

. JURAMENTO

. JUNTOS

. TOTALMENTE

.RECENTES

. VÊ!!!

. QUERER-TE

. DESVANECER

. ANCIEDADES

. AMOR TOTAL

. ESPERANÇAS...

. É COMO SE FOSSE

. JURAMENTO

. JUNTOS

. TOTALMENTE

.EU